Traduzir

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Ao teu lado Sem destino


Quero uma borboleta
De papel
Aquela do seu olhar
Ou a violeta do seu anel
Melhor seu beijo de mel
Seu toque sem par
Talvez o barquinho
A navegar pelo seu mar
Mas precisamente o luar
Que lhe enche de brilho
Quero o ponteiro que gira
Sua vida,seu preto e branco
Não esquecendo teu colorido
E por fim caminhar ao teu lado
Sem destino


Luciano Viana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direitos Autorais reservados.

Textos sob a proteção da lei 9.610/98 da criação intelectual. O uso não facultativo - total ou parcial - dos textos aqui exibidos será tido como crime de plágio.

Total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget