Traduzir

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Quem dera fosse Ana

Quem dera fosse Ana a garota
dos meus sonhos aquele
amor que inflama e balança o
coração. Quem dera fosse Ana
o motivo dos meus risos uma parte
de mim perdida enfim encontrada.
Quem dera fosse Ana a poesia gravada
tanto falada por esse poeta maluco. Quem dera
fosse Ana a linha da chegada rumo
as águas tranquilas que tanto desejo.
Quem dera fosse Ana minha eterna namorada.



Luciano Viana

2 comentários:

  1. Obrigada amor quero que saiba tambem que você e o motivo que me faz levantar todos os dias da cama com vontade de lutar pelo nosso amor.
    Luciano obrigada por me proporcionar tantos momentos inesplicavel. Sei que entrei a gente existe uma distancia mais ela nunca impator nosso namoro de crescer.
    Amor EuTeAmo (L)

    ResponderExcluir
  2. Je souhaite le bonheur et l'amour éternel.

    ResponderExcluir

Direitos Autorais reservados.

Textos sob a proteção da lei 9.610/98 da criação intelectual. O uso não facultativo - total ou parcial - dos textos aqui exibidos será tido como crime de plágio.

Total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget