Traduzir

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Quando triste

Quando triste olho o dia
Que sem brilho o céu esconde
a beleza do horizonte.

Quando triste olho o dia
Já sem fé e esperança com
a dor dá lembrança estampada
na minha testa,mostrando minha
Fraqueza me deixando sem defesa.


Quando triste olho o dia
Sem cor e harmonia.
Fugindo da indecisão,
Brigando com a razão.

Quando triste olho o dia
Cuja á única melodia é
Uma epidemia voltada para
O medo que faz perder o sono,
Que me faz perder o trevo ligado
A felicidade, droga de
Irresponsabilidade!!!!!!!!!

Luciano Viana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direitos Autorais reservados.

Textos sob a proteção da lei 9.610/98 da criação intelectual. O uso não facultativo - total ou parcial - dos textos aqui exibidos será tido como crime de plágio.

Total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget