Traduzir

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Quarenta e Oito Horas


Quarenta e oito horas,que parecem mais um século
Do que dois dias.
fazendo cumprir o tempo a sua
Rotina.
Distanciando meus olhos dos teus.

Quarenta e oito horas de pura agonia e ansiedade..
Que insiste em me aprisionar,num calabouço longe
dos raios dos teus sorrisos...
Quarenta e oito horas,perdido nos trilho do meu coração,
Inerte tentando amenizar a saudade que as horas
propor
cionam.
Quarenta e oito horas imaginando,os nossos

Futuros encontros,desencontros,brigas e reconciliações
Tentando adivinhar os teus passos,me perguntando se você
Está pensando em mim...Se você ainda me ama com a mesma
Intensidade que me amava no começo..Se o seu coração
Está sentindo a minha falta,como o meu está sentindo a sua.
Quarenta e oito horas recriando nossos momentos,buscando
Seus traços nos rastros da minha memória esquecida.
Quarenta e oito horas que fazem parte do meu dia a dia,
Mas que se desse para riscar do meu calendário eu não
Hesitaria...



Luciano Viana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Direitos Autorais reservados.

Textos sob a proteção da lei 9.610/98 da criação intelectual. O uso não facultativo - total ou parcial - dos textos aqui exibidos será tido como crime de plágio.

Total de visualizações de página

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget